Oo. lembrario .oO

outro depósito, mas dessa vez organizado.

Extreme makeover: reconstrução total November 29, 2008

Filed under: Uncategorized — lembrario @ 3:56 am

Essa foi uma das histórias mais lindas que eu já vi… ever!
Assistam a todos os episódios e vejam que eu não estou exagerando:

http://www.youtube.com/watch?v=I80nILuWQmk

O embed tá desabilitado…

 

Sopor November 25, 2008

Filed under: Uncategorized — lembrario @ 2:49 pm

Encontrei isso num MySpace enquanto procurava Ian Tchagra… o.O”
Vai entender… Mas eu gostei! Vejam:

SOPOR AETERNUS: »Sanatorium Altrosa« (TRAILER)

 

Aulas em vídeo sobre DVDs November 16, 2008

Filed under: Uncategorized — lembrario @ 3:55 pm

Como copiar DVD original:

 

Dawn of Mana! November 15, 2008

Filed under: Uncategorized — lembrario @ 9:44 pm

Aaaaah!
Eu procurei e encontrei o que eu não sabia que existia!
Dawn of Mana!
História da evolução de um dos meus jogos preferidos de todos os tempos!

“Dawn of Mana – PlayStation 2
“…faz mais de uma década desde que uma autêntica seqüência da série foi lançada…”

10/05/2006
da Redação

Originalmente anunciado durante a E3 2005, “Dawn of Mana” imediatamente recebeu muita atenção dos fãs, afinal, faz mais de uma década desde que uma autêntica seqüência da série foi lançada – “Seiken Densetsu 3”, no Japão, em 1995, para o Super Nintendo. Depois, ainda seriam disponibilizados “Legend of Mana” e “Sword of Mana”.

“Dawn of Mana” é ambientado antes de todos os game acima citados, concentrando-se nas origens da árvore de Mana e na espada de Mana, em um estilo de jogo que dá seqüência ao esquema de ação e aventura já bastante conhecido na série.

Porém, desta vez, o mundo é tridimensional, com muitos cenários para explorar, com uma extensa variedade de objetos para interagir. O mundo também abriga muitos inimigos, não totalmente deformados, mas com cabeças grandes e pés na proporção de tamanho dos seus corpos.

O presente episódio conta a história de Eldy, um jovem adotado pelo “povo da árvore”, que moram numa ilha que abriga a mítica árvore que é a fonte da vida neste mundo. Mas Mana está perdendo sua força e lentamente se transformando em pedra. O destino do jovem é buscar a espada de Mana e salvar a planeta da destruição. Eldy será acompanhado por Ridzia, a sacerdotisa da vila.

“Dawn of Mana” é um game exclusivo para PlayStation 2, plataforma na qual a série estréia. “

http://jogos.uol.com.br/previews/playstation2/ult421u1002.jhtm

O vídeo de Legend of Mana:

Gente! Que site lindo! É o site oficial!
http://www.square-enix.co.jp/mana

 

Cenotes e Dolinas

Filed under: Uncategorized — lembrario @ 8:06 pm

Minha irmã acabou de me apresentar os cenotes do México.
O que são cenotes?
-> Akumal e Riviera Maya: Akumal, que significa “lugar da tartaruga” está na península de Yucatán ao longo do Riviera Maya. Esta área é conhecida pelas suas praias e cenotes (lagoas de onde começam as cavernas). Os Maias acreditaravam que essas piscinas da água fresca dos cenotes eram um lugares sagrado e o portal a um mundo espiritual abaixo da terra. Os Cenotes são na verdade uns buracos onde a terra em cima da caverna desmoronou. A água dos cenotes é tão limpa e pura, que você jura ver as pessoas mergulhar e parecer que estão suspendidos no ar ! A visibilidade pode alcançar 100 metros! De uma vista geológica, as estruturas da caverna foram formadas a partir de milhões de anos em que as pedras calcária foram virando estalactites e estalagmites. “http://www.divetravel.com.br/modules/pacotes.php?recid=16”

-> Os cenotes são lugares sagrados para os maias contemporâneos, como foram para seus ancestrais. Segundo a tradição, a água que guardam esses poços é considerada “virgem ou pura” já que não foi tocada pela luz. Os maias davam grande importância ao cenote (ou Dzonot, na língua maia, que significa buraco no solo, ou poço), por constituir uma fonte de água. Porém, a religião é um aspecto primordial para compreender o sentido dos cenotes para essa cultura milenar. Majestosas cerimônias tinham como cenário os cenotes. E aqueles que eram utilizados na prática de rituais não podiam ser utilizados para o abastecimento de água.
http://www.tierramerica.info/nota.php?lang=port&idnews=1786&olt=238”

Existem alguns vídeos no Youtube sobre eles, como esses aqui que eu estou vendo:

Mexico cenotes:

Espero que um dia eu viage pro México e consiga mergulhar assim… mesmo que não seja em um cenote…

E só por curiosidade, procurando por cenotes eu descobri que existem também as Dolinas.
Dolina: Do esloveno, pequeno vale, é uma depressão no solo característica de relevos cársticos, formada pela dissolução química de rochas calcárias abaixo da superfície. Geralmente possuem formato aproximadamente circular e são mais largas que profundas. Podem ser inundadas por lagoas ou secas e cheias de sedimentos, solo ou vegetação. Quando inundadas e ligadas a uma caverna marinha, são chamadas cenotes (da língua maia dz’onot, sagrado).

Dolinas formadas pelo rebaixamento lento do terreno são chamadas dolinas de subsidência lenta. Quando causadas por desmoronamento de cavernas, são chamadas dolinas de colapso, que também podem dar origem a uma abertura na caverna. Quando formadas sob o curso de um rio podem dar origem a um sumidouro.
http://pt.wikipedia.org/wiki/Dolina”

 

Bernard J. Taylor November 10, 2008

Filed under: Uncategorized — lembrario @ 2:25 am

Millennium Suite is a symphonic work in five movements, composed by Bernard J Taylor to mark the end of the present millennium and the start of the new one. Includes the Victory Overture. Orchestration, Gareth Price. Performed by the Polish State Philharmonic Orchestra of Latowice, conducted by Jerzy Swoboda. © 1994 Bernard J. Taylor. 6 tracks. 51 minutes.

“The MILLENNIUM SUITE is exactly what it purports to be: five atmospheric movements designed to sum up where we are now, how we got here and what should await us. … this is music to enjoy, yet also music to be moved by.” – Denby Richards, Musical Opinion, Spring 1997.

“The Millennium Suite is a modern day classic, a wonderful blend that rivals -though never imitates – the best of the 20th Century’s great classical composers. It is beautiful, haunting music, melodic but with enough fascinating twists and turns to make listening a constantly interesting journey.” – Mike Gibb, Masquerade.

http://www.bernardjtaylor.com/Othermusic/OtrMillennium.html

Encontrei um vídeo com uma música dele e saí procurando! A capa desse cd que eu vou encontrar é essa:

 

As irmãs siamesas Abigail e Brittany Hensel

Filed under: Uncategorized — lembrario @ 1:47 am

Recebi um e-mail que falava sobre duas irmãs siamesas que me pareceram incríveis! Algo diferente de duas irmãs siamesas comuns, o que já é difeente por si só! Fui procurar no Youtube se existia alguma coisa parecida ou se era vírus e encontrei alguns vídeos, mas primeiro a matéria sobre elas:

Retirado do site http://yupi3000.wordpress.com/2008/09/19/
as-incriveis-irmas-abby-brittany-hensel/

“Abigail “Abby” Loraine Hensel e Brittany “Britty” Lee Hensel, nascidas no dia 7 de Março de 1990, em Carver County, Minnesota, Estados Unidos, são um caso extremamente raro no mundo. São gêmeas siamesas atualmente com 18 anos. Têm duas medulas, dois estômagos, quatro pulmões (dois pares parcialmente distintos), e dois braços.

Quando nasceram, seus pais escolheram não as separar. As gêmeas compartilham de muitas funções corporais, e a operação seria arriscada e elas poderiam ficar numa cadeira de rodas. Não lamentam sua decisão; elas mesmas indicaram que não desejam ser separadas.

Cada uma das gêmeas controla um lado do único corpo, controlando seus próprios braços e pés, e não tem nenhuma sensação do outro lado. Ainda, coordenando os esforços, podem andar normalmente.

Tocam piano, jogam volley, dirigem e são “doidas” por tudo o que tenha a ver com fotografia digital.

Apesar de compartilhar de um um unico corpo, as gêmeas têm os gostos diferentes na alimentação e na roupa. Algumas das suas roupas são alteradas de modo que tenham duas aberturas para os pescoços separados a fim de enfatizar a sua individualidade.”

Os vídeos:
As irmãs siamesas Abigail e Brittany Hensel: